Sexta-feira, 21 de Março de 2008

Como vai a nossa história?

Apesar de não termos colocado aqui no blogue, os alunos têm trabalhado na história "Uma nave espacial no lago Lèman". Cada turma tem avançado um pouco na história.

Como irá acabar esta história??

Só eles o poderão dizer e escrever...

 

De seguida, terão oportunidade de ler o que os alunos já escreveram até às férias da Páscoa.

 

Para surpresa de todos, uma nave espacial pousou perto do Lago Lèman.

O Luís, que estava a andar de barco, ficou tão espantado que caiu à água. A Rita, começou a rir-se dele.

- Ah, ah, ah! -ria a Rita às gargalhadas.

- Não tem graça nenhuma! Está uma nave espacial atrás de ti!!!! - disse o Luís muito chateado e assustado.

- Essa é boa!... Achas mesmo que vou acreditar em ti? - perguntou a Rita.

 

Mas de repente a Rita tropeçou numa garrafa de água e… Splash!!! A Rita também caiu à água.

- Eh! Eh! Não acreditaste em mim e agora também tu caíste à água!!!! – troçou o Luís.

            Já na água, enquanto a Rita olhava com muita admiração a nave espacial ouviu o Luís:

            - Rita, não achas que há alguma coisa estranha?

            - A única coisa estranha aqui é a nave espacial!!! – respondeu a Rita.

            - Ah!!!!!!... Onde está o meu barco?!? Ai, ai, ai… era o melhor barco do meu pai!!!! – gritava o Luís.

            - Como é que ele desapareceu? – perguntou a Rita.

 

 

            De repente, a porta da nave espacial abriu-se saindo um extraterrestre. Era verde, os olhos pareciam dois limões muito amarelinhos, o nariz parecia uma cenoura e a boca era preta.

            - Sussichi!! Que é como quem diz: Olá!! – gritou o ET.

            - Eia! Em Marte não devem lavar os dentes!!! – disse a Rita olhando para a boca do ET.

            - Sussichi para ti também. Olha, por acaso não nos podes ajudar a sair desta água gelada? – perguntou o Luís.

            - Sim, sim.

            E dito isto, os seus três dedinhos transformaram-se num barco de borracha.

 

            Os dois amigos subiram para o barco mas este baloiçava tanto que voltaram a cair à água: Catrapum!!!!

            - Bem, acho que vou transformar-me numa escada para vocês subirem. –disse o ET.

            - Boa ideia! Depois não te queres transformar num avião para irmos procurar o nosso barco que desapareceu? – perguntou o Luís.

            - Tens razão – concordou a Rita –  mas antes vamos apresentar-nos!

            - Eu sou o Etêtuia! E vocês?

            - Eu sou o Luís.

            - Eu sou a Rita.

 

 Para procurar o vosso barco, não é preciso transformar-me num avião. Podemos ir na minha nave espacial. – disse o Etêtuia.

            - E cabemos todos lá dentro? – perguntou o Luís.

            - Porquê? Achas que és um gigante? – respondeu a Rita.

            - Vá, deixem-se de conversas. Quanto mais rápido formos, mais rápido encontramos o vosso barco! – disse o Etêtuia.

            Subiram então os três para a nave espacial e já lá no alto viram as bonitas paisagens em volta do lago Lèman. Viram os castelos de Morges e Rolle, os barcos que atravessam o lago entre a Suíça e França, a ilha perto de Rolle, as cidades de Genebra, Lausanne, Vevey e, claro, a localidade lindíssima de Gimel que fica no cimo da montanha. O Etêtuia estava impressionado com a paisagem, com o azul do lago e a beleza das montanhas.

            - Olhem! Está ali o barco! Mas… a vela desapareceu!!!?!!! – disse o Luís.

 

            - Olhem… o barco está a afastar-se… - disse a Rita.

            - Isso não é problema. Eu ligo o super turbo da minha nave e em menos de um segundo chegamos ao vosso barco. – respondeu o Etêtuia.

            - Em menos de um segundo?!? Isso não é possível… - disse a Rita.

            - Não? Já cá estamos!!! – disse o Etêtuia.

            Quando lá chegaram, o Etêtuia ficou muito admirado pois era o seu irmão mais novo que estava dentro do barco.

            Este era cor-de-laranja, tinha os olhos verdes como a erva, um nariz preto e redondinho como uma azeitona e a boca era vermelha como um tomate maduro.

            Para salvar o barco, o Etêtuia fez com que a sua nave pegasse no barco.

            Chegando a terra, os amigos agradeceram e aproveitaram para perguntar o porque do ET ter vindo ao planeta Terra.

 

            - Vim para ajudar a salvar o vosso planeta porque vocês, mesmo com toda a modernidade que têm ainda não conseguem cuidar do vosso planeta!! – respondeu o Etêtuia.

            Depois de pensar e reflectir um pouco os dois amigos concordaram.

            - Tens razão. Tens alguma ideia sobre o que podemos fazer? – perguntou a Rita.

 

 Gostaram? Muito brevemente, esperamos concluir a nossa história. Tentaremos ainda fazer a sua ilustração para que esta ganhe a forma de um livro.

 

Sentimo-nos: espaciais
Publicado por professora Helena e seus alunos às 14:03

Link da publicação | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
4 comentários:
De Helena a 23 de Março de 2008 às 19:22
Que imaginação e já escreveram tanto. Fico à espera do fim da história. Será que os Magnificos podiam colaborar com a ilsutração??
De Professora Helena a 24 de Março de 2008 às 22:11
Claro que os Magníficos podem contribuir com a ilustração!
Ficamos à espera dos vossos desenhos.
Um beijinho
De Altina a 18 de Março de 2009 às 22:37
Viva, meninas e meninos que aprendem a língua e a cultura portuguesas!

Estamos ansiosos por novidades vosssa!

Beijinho
Altina
De MDB a 3 de Junho de 2009 às 20:13
Olá, sou um aluno da Turma4ºG do Centro Escolar do Vale de Lamaçães.
Gosto muito do vosso blog e adoro a história... Quero ver a continuação.
Um dia quero ir à Suíça para ver mesmo de perto como é lá a saúde...

Manuel

Comentar post

-Quem somos?

-Pesquisar neste blog

 

-Março 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

-Publicações recentes

- Festival de música portug...

- Festival de música portug...

- Está a nevar

- O Natal

- O Natal!

- Festa de Natal

- Como correu a nossa Vindi...

- Vindimas...

- Ano letivo 2011/2012

- O Natal numa nuvem de pal...

-O que já descobrimos...

- Março 2012

- Fevereiro 2012

- Dezembro 2011

- Novembro 2011

- Setembro 2011

- Agosto 2011

- Dezembro 2010

- Novembro 2010

- Outubro 2010

- Junho 2010

- Fevereiro 2010

- Novembro 2009

- Setembro 2009

- Agosto 2009

- Maio 2009

- Abril 2009

- Março 2009

- Março 2008

- Fevereiro 2008

- Janeiro 2008

- Novembro 2007

- Outubro 2007

- Julho 2007

- Junho 2007

- Maio 2007

- Abril 2007

- Março 2007

- Fevereiro 2007

-tags

- todas as tags

-Sites interessantes

blogs SAPO

-subscrever feeds